Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/13 às 18h39 - Atualizado em 30/10/18 às 12h21

Novo programa de financiamento à indústria do DF é regulamentado

COMPARTILHAR
Foi regulamentada hoje a lei criadora do “Financiamento Industrial para o Desenvolvimento Econômico de Atividades Sustentáveis” (Ideas Industrial), que incentivará projetos – para instalação, capital de giro e produção – de empresas que desenvolvam atividades nos setores de indústria e logística.
 
“O Ideas é um instrumento muito importante para alcançarmos a meta de a Indústria chegar a 10% do PIB do DF até 2020”, enfatizou o governador Agnelo Queiroz, que assinou o decreto, na sede do Sistema Fibra, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli.
 
O programa concederá o incentivo com taxa de juros de 1,2% ao ano, e o limite para o financiamento será de 13% do faturamento bruto mensal da empresa solicitante, com pagamento que pode se estender em até 360 meses.
 
Para o pagamento das parcelas, deverão ser depositados, mensalmente, no BRB, 10% do valor liberado, em caução de títulos de emissão do próprio banco, que pode ser substituída por garantia hipotecária de, no mínimo, 125% do valor do financiamento concedido.
 
“Uma lei dessas representa segurança jurídica. Não há como continuar investindo sem essa segurança jurídica”, destacou o vice-governador.
 
O Ideas fornecerá financiamento em dois níveis: projetos de até R$ 1 milhão e projetos com valores superiores a esse, com recursos vindos do Fundo de Desenvolvimento do Distrito Federal (Fundefe) e gerenciados pelo BRB.
 
“Estão disponíveis imediatamente para este ano R$ 40 milhões, mas existem novos fluxos financeiros que devem ser incorporados a essa conta”, enfatizou o secretário de Desenvolvimento Econômico DF, Gutemberg Uchôa.
 
Também compareceram à assinatura do decreto os secretários de Fazenda, Adonias Santiago, e de Assuntos Estratégicos, Newton Lins; o presidente do BRB, Paulo Evangelista, e o presidente do sistema Fibra, Antônio Rocha, além de outras autoridades.